Image Map

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Árvore centenária sofre vandalismo e é morta: até onde vai a maldade humana?

Você lembra que há algum tempo fizemos um post aqui falando sobre as ações do ogro do coração peludo, o qual detesta as árvores? Na verdade eles são inúmeros e cometem as piores crueldades. Um deles, que ainda não é conhecido (e também, pelo jeito, nem será), resolveu colocar fogo em uma Gameleira que tinha entre 80 e 100 anos. Uma idosa, sábia e cheia de vida! Mas o coração peludo não enxerga sabedoria e nem beleza.

Uma cena triste e lamentável. Que tristeza!


Isso aconteceu em Uberlândia, Minas Gerais. No dia 17 de outubro, a árvore centenária foi incendiada e, apesar de o fogo ter sido controlado pelos bombeiros na ocasião, o interior da grande senhora já havia sido atingido. (Acompanhe matéria completa do jornal O Diário a respeito).

E, no dia 29 de novembro, após a análise de uma equipe multidisciplinar, composta por engenheiros agrônomos, biólogos, geógrafos e técnicos florestais, a árvore foi cortada por oferecer risco de queda.

Foram cortados todos os galhos, restando somente o tronco. Era uma árvore que estava saudável. E, pela ação cruel de um homem, que está livre, acabou morrendo.

O que restou de uma árvore histórica pela ação humana


Diante disso, tem como não se entristecer e perceber que a maldade de alguns "iguais" a nós, da mesma espécie, não tem limites? Até onde eles pretendem chegar? O que nos resta, ao contrário do que faz o ogro do coração peludo, é agir como os gnomos, que protegem as árvores. Vamos nos unir em prol da preservação e da conscientização.

Que tal mostrar essa verdadeira atrocidade aos seus conhecidos e pedir que eles também nos ajudem a salvar nossas amadas árvores? Compartilhe em suas redes sociais, conscientize, fale sobre o assunto. 

Afinal, elas merecem!

Nenhum comentário :

Postar um comentário