Image Map

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Sinfonia do Adeus: ouça uma árvore, reflita e se emocione!

Olá pessoal,

Depois de termos mostrado que as árvores SENTEM e se comunicam no post “Sim, as árvores tem sentimentos!”, chegou a vez de mostrar que também é possível ouvi-las.

Isso porque o Instituto Terra, em parceria com a agência americana, J.Walter Thompson, criou uma campanha que busca sensibilizar as pessoas sobre a importância de se proteger a Mata Atlântica por meio da música. A campanha foi criada com a colaboração do artista alemão, Bartholomäus Traubeck, que transforma árvores devastadas em música.

Ele desenvolveu uma tecnologia a laser capaz de ler e traduzir ranhuras e sulcos de um disco cortado de um Pau-Brasil. A música, batizada de Sinfonia do Adeus, é feita ao som de piano e tem melodia dramática, capaz de tocar qualquer coração (ou é pelo menos o que imaginamos!).

Com esse disco de Pau-Brasil foi criada a sinfonia

Além de chamar a atenção para os números alarmantes de cortes de árvores no Brasil, cerca de um milhão por dia, e também para o que resta da nossa Mata Atlântica, hoje com somente 8% do seu tamanho original, busca também mobilizar a população e as empresas para a doação de recursos, os quais serão voltados para ações de reflorestamento na mata, principal missão do instituto.

Ficou curioso? Então se prepare para se emocionar e refletir sobre essa situação tão triste, lamentável e também muito perigosa para a vida na terra. Ouça a Sinfonia do Adeus: https://www.youtube.com/watch?v=1I7RcUDwYGI

E, se depois de ouvir o lamento dessa árvore da espécie Pau-Brasil, que pede pela vida de suas companheiras, você quiser contribuir com o projeto através da doação de valores ou pela compra de pôsteres, acesse www.sinfoniadoadeus.com.br e saiba mais.

Gostou do post? Compartilhe, espalhe a ideia de preservação você também.

Até mais.


terça-feira, 20 de junho de 2017

Ano após ano a situação se repete: árvores do Boa Vista continuam pedindo socorro!

Olá pessoal,

É incrível, mas parece que, em relação ao cuidado com o meio ambiente, Curitiba parou no tempo. Gestão após gestão no município e a crueldade com as nossas árvores continua. Hoje vamos denunciar, mais uma vez, a poda drástica sofrida pelas árvores da Rua Jovino do Rosário, entre os números 712 e 722:

Veja a situação da árvore, totalmente desprotegida, sem galhos nem folhas

Em 2012, ou seja, há cinco anos, já havíamos feito a mesma denúncia de poda drástica, com a matéria SOS: as árvores do Boa Vista pedem socorro! . Na época, as árvores dessa movimentada rua do bairro já vinham sofrendo a mesma crueldade. E nada mudou! Nesse vídeo dá para ver como estava a situação anteriormente:  https://youtu.be/klqp5FslSDw

E, nesse mês, constatamos a mesma situação. Isso é um verdadeiro assassinato:


Repare as árvores lá na frente. Frondosas e cheias de vida. 
Mas até quando?

O que leva a Prefeitura de Curitiba a autorizar esse tipo de poda, a qual sabemos que é proibida por lei por trazer sérias consequências para as árvores, como doenças e a morte? Vejam uma outra matéria feita por nós, “Denúncia do Vândalo Verde: poda drástica”, também em 2012, a qual explica porque esse tipo de poda é vedada pela legislação ambiental do município.

E, qual seria o motivo para essa verdadeira atrocidade? Transformar a cidade em uma selva de pedra? Ou deixar mais espaços para a publicidade, pois assim se ganha mais dinheiro? Reparem que nas fotos acima tem um outdoor, o qual tem que ser visto, afinal. E de que forma, com “galhos atrapalhando”? Ou, ainda, será que o objetivo é evitar folhas no chão...afinal, será que alguém gosta de verde na Prefeitura de Curitiba?

E, o pior, quem deveria zelar pela questão ambiental em Curitiba, além de não promover nenhum tipo de conscientização, ainda aprova (ou faz vista grossa) esse tipo de situação. E assim tem que já pense que é normal, que o corte de árvores é uma questão cotidiana. Afinal, se vê isso todos os dias!

Até quando isso vai acontecer? Será que daqui a mais um tempo ainda restarão esses troncos, ou irão sumir como num passe de mágica, sem que ninguém perceba? Ou, quase ninguém, pois nós percebemos  e seguimos denunciando aqui!

Nos ajude na missão de defender as nossas tão estimadas e importantes árvores. Compartilhe com seus amigos, entre em contato com a gente caso tenha uma denúncia para que possamos repercutir no Vândalo Verde.

Até mais.