Image Map

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Cadê as árvores que estavam aqui? Mais de dez exemplares cortados de uma só vez em terreno na Vila Izabel


Olá pessoal,

Estamos aqui mais uma vez para relatar uma denúncia de corte de árvores em Curitiba. Desta vez o crime aconteceu em um terreno situado na Rua Prof. Guido Straube, entre os números 200 e 202, no Bairro Vila Izabel. Podemos dizer que foi uma verdadeira chacina, já que mais de dez árvores foram mortas de uma só vez.

Quem entrou em contato conosco foi um morador da região chamado Guilherme, que passa diariamente pelo local e em certa ocasião notou que algo estava diferente. “O sentimento ao ver aquilo é complicado de explicar, pois o aspecto da rua e da esquina mudaram completamente após o desmatamento, senti que perdi a paisagem que fazia parte da minha vida e talvez não volte a vê-la novamente”.


Esta era uma parte da paisagem vista pelo morador, antes de ocorrerem os cortes:

Área verde antes dos cortes 


Agora, o que se vê é um terreno descampado e muitos troncos, galhos, e folhas caídas ao chão, mais parecendo um “cemitério de árvores”. E, ao fundo, como não poderia ser diferente, diversos prédios, ilustrando a “selva de pedra” em que Curitiba está se transformando dia após dia. Qual é o seu sentimento ao ver esta cena? O nosso é um misto de tristeza, revolta e impunidade aos que praticaram este ato, já que quem deveria nos representar, no caso a Prefeitura de Curitiba, faz vista grossa e parece até mesmo gostar de situações como essa:




Guilherme acredita, e nós também, que as árvores foram cortadas em prol de alguma construção que está para acontecer, pois ele contou que há um tempo estavam erguendo muros e cercas ao redor do terreno, que hoje se encontra vazio. Não conseguimos pensar em outra possibilidade senão esta.

Mais uma vez vamos perguntar: progresso ou ignorância? Seria necessário matar todas aquelas árvores em função de uma construção? Vejam post anterior aqui do blog que trata sobre o assunto: http://www.vandaloverde.com.br/2015/05/progresso-ou-ignorancia-vale-pena-o.html

Triste, mas bastante recorrente em muitas cidades. Nossas árvores sendo destruídas em função da especulação imobiliária, por gente que nem sequer pensa em poupá-las, afinal o dinheiro e o tempo em pensar nisso não valem a pena para eles. É mais fácil acabar com o “problema” de uma vez.

Problema para muitos, que de tão ignorantes acham que vão conseguir continuar respirando o mesmo ar sem as árvores, que não conseguem ver as lindas paisagens que elas proporcionam, além de serem moradia para tantas espécies, nos trazerem sombra, enfim, a vida em uma forma tão bela. Mas, o belo para este tipo de gente é o lucro ao final de uma construção, eles não tem espaço em suas vidas para a contemplação de uma bela árvore. Realmente uma pena, pois não sabem o que estão perdendo.

Agradecemos você, Guilherme, pela denúncia e pelas imagens. Pena que não são imagens que gostaríamos de ver, mas precisamos mostrar a verdade. E pedimos a vocês, leitores do Vândalo Verde, que continuem participando com seus relatos.

Obrigado e até logo!



Nenhum comentário :

Postar um comentário