Image Map

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Mais uma árvore condenada à morte pela Prefeitura de Curitiba

Olá pessoal,

Mais uma vez estamos aqui para falar sobre a poda drástica de uma árvore, o que muito provavelmente irá condená-la à morte. Desta vez o corte aconteceu na Rua Leonardo Krasinski, por volta do número 800, no bairro Boa Vista.

Já comentamos diversas vezes a respeito deste tipo de poda e sabemos que quando uma árvore tem 100% de sua copa podada, pode muito provavelmente morrer pela invasão de doenças e cupins, e também se desequilibrar e cair.

Além disso, este tipo de poda é crime. Conforme a Legislação Ambiental de Curitiba, é vedado o corte de mais de 50% do total da massa verde da copa. O que dizer sobre estas imagens, então? Inclusive na primeira delas dá para ver o caminhão da Prefeitura de Curitiba (contrária a própria legislação), pronta para executar o dês-serviço:

Aqui a árvore antes da "poda"

Tem como não sentir revolta vendo isso? Vejam a árvore totalmente sem copa!



Nossas perguntas são: que tipo de profissional é contratado para realizar este tipo de poda, uma verdadeira atrocidade? No que a árvore estaria “atrapalhando” desta vez? Como pudemos ver nas fotos, não há nada que pareça "justificar" esta “poda”. E a principal delas: você concorda com a forma em que seu dinheiro está sendo utilizado pela Prefeitura, para matar árvores?

Além disso, curiosamente o terreno onde a árvore se encontra está sendo mexido. A casa que havia ali foi demolida. Será que por trás desta crueldade há um interesse imobiliário individual superando o coletivo?

Já falamos sobre isso em post anterior, confiram por meio deste link: http://www.vandaloverde.com.br/2015/05/progresso-ou-ignorancia-vale-pena-o.html

Triste realidade em que vivemos. Cada vez mais as pessoas imaginam poder viver em uma “selva de pedra”. Mas não podem. Não podemos. Teremos todos que pagar por isso?








quarta-feira, 22 de julho de 2015

A fábula da vida real: ogros e gnomos

Olá pessoal,
Assim como nas fábulas e histórias, podemos notar que os seres humanos também são divididos entre os que protegem tudo que é indefeso e só existe para o bem, como a natureza, e aqueles que não se importam ou nem conseguem ver a beleza de uma árvore cheia de flores, por exemplo. Por isso, em decorrência desta “cegueira”, acabam cometendo crueldades terríveis, disfarçadas por desculpas esfarrapadas. Os gnomos e os ogros ilustram bem esta situação!

Pois bem, nós do Vândalo Verde flagramos mais um ogro em ação em Curitiba, mais precisamente na Rua João Havro, no bairro Boa Vista. Ele simplesmente pegou uma árvore que estava toda florida e realizou uma poda drástica nela! 

Primeiro que a poda drástica é crime (vocês podem ver mais detalhes sobre o assunto em matéria anterior: http://www.vandaloverde.com.br/2012/07/denuncia-do-vandalo-verde.html)  e, em segundo lugar, qual seria a justificativa para um ato destes? A poda traria algum benefício para a planta? Ela cresceria mais forte? Pura bobagem!


Vejam o que foi feito com a árvore:


Aqui vocês podem vê-la ainda florida e "intacta"

E aqui, logo após a cruel ação do ogro




A verdade é que o coração do ogro é tão peludo que ele não consegue ver a beleza nas flores! Triste.....uma pena para ele e também para nós que, como os gnomos, sofremos com toda esta barbárie com o meio ambiente.

Prefeitura Municipal de Curitiba, mais uma vez estamos aqui apresentando um problema de corte de árvores a vocês. Gostaríamos mesmo de ver alguma atitude, que saia do convencional “estamos encaminhando ao setor responsável (ou seria irresponsável?).

Até a próxima!



sexta-feira, 3 de julho de 2015

Canalização no Parque Gomm: vamos acompanhar!

Olá pessoal,

Há uns dias nos deparamos com um post na página “Salvemos o Bosque da Casa Gomm” no Facebook que nos deixou assustados! (para quem não conhece, este bosque foi alvo de especulação imobiliária em função da construção de um shopping, mas a partir da intervenção popular foi poupado).

Os integrantes do movimento postaram a respeito de uma obra de saneamento que está sendo realizada dentro do bosque, tombado pelo patrimônio, com perfurações no subsolo que irrompem no meio do gramado. Pela imagem vocês podem ter uma ideia do que está sendo feito!


Quando soubemos que uma broca de perfuração estava passando sob raízes de árvores e sobre a mobilização que estava acontecendo, não poderíamos ficar calados. Por isso, entramos em contato com Luca Rischbieter, um dos integrantes do movimento “Salvemos o Bosque da Casa Gomm”, que já colaborou com a gente algumas vezes.

Para nosso alívio, ele nos informou que uma delegação de “bosquímanos” esteve em reunião com a diretoria de recursos hídricos da Sanepar, responsável pela obra, para conversarem sobre a questão. De acordo com ele,  queriam entender o que estava acontecendo, pois foram pegos de surpresa (inclusive o assunto foi alvo de matéria do jornal Gazeta do Povo, que vocês podem conferir por aqui: http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/obra-de-esgoto-no-bosque-gomm-causa-polemica-bda2m2s0ufz6iadesw3m4yu9x).

Na reunião, a Sanepar colocou as questões técnicas acerca da necessidade da obra no local e, a partir de agora, os integrantes do movimento serão informados e acompanharão de perto as intervenções. Desta forma, com certeza o “bem estar” do Bosque da Casa Gomm será levado em conta!

Gostaríamos de dizer que podem contar com a gente na divulgação sobre o assunto, pois é de nosso total interesse que o meio ambiente seja poupado, sempre. Estamos juntos!