Image Map

sexta-feira, 20 de março de 2015

Parabenizamos a Prefeitura de Curitiba e a Copel por matarem mais uma árvore por poda drástica!

Olá pessoal,

Mais uma vez nos deparamos com a poda drástica e a consequente morte de uma árvore, por descaso (e porque não dizer crueldade) da Prefeitura de Curitiba e Copel. 



Se fosse uma atitude isolada poderíamos até pensar que foi por despreparo do “profissional” que realizou a poda, mas esta prática, que é ilegal, acontece de forma recorrente em Curitiba. Em posts anteriores abordamos o assunto, como vocês podem conferir nos links abaixo:


O artigo 12, da Lei n° 8.353, da Coletânea de Legislação Ambiental de Curitiba, é muito clara em relação a este assunto:

“É vedada a poda excessiva ou drástica de arborização pública, ou de árvores em propriedade particular, que afete significativamente o desenvolvimento natural da copa”. E, ainda: “Parágrafo único – entende-se por poda excessiva ou drástica: o corte de mais de 50% do total da massa verde da copa”.

A árvore sobre a qual estamos tratando teve 100% da massa verde de sua copa podada, ou seja, isto é crime! E cometido por quem? Por aqueles que deveriam dar o exemplo. Pena que no país em que vivemos aqueles que deveriam nos representar cometem todo o tipo de atrocidade e não são punidos.

Mais uma vez, lamentamos! E, mais do que isso, nos indignamos com a crueldade que acontece diariamente com as nossas árvores sem nenhuma punição.

Para finalizar, queremos mostrar a vocês uma imagem desta mesma árvore, há um ano, tentando voltar à vida. Apesar de ter sua copa totalmente podada, ainda tinha algumas folhas. Mas, com certeza ficou vulnerável e foi invadida por doenças ou cupins. E o destino nós já podemos imaginar, não é? É só questão de tempo para ela cair e morrer. Parabéns Prefeitura de Curitiba e Copel, por matarem mais uma árvore pela prática ilegal e repetida da poda drástica!




segunda-feira, 2 de março de 2015

Como uma crueldade dessas foi permitida? Acabaram com as árvores da Rua Francisco Rocha

Olá pessoal,

Não poderíamos deixar de compartilhar tamanha crueldade, brutalidade e, porque não dizer burrice, aprovada e realizada pela Prefeitura de Curitiba, mais precisamente pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba – IPPUC.

Quem mora em Curitiba deve ter reparado que a Rua Francisco Rocha passou por obras e agora tem uma terceira pista de rolamento, certo? Pois, para realizar esta construção, muitas árvores foram cruelmente mortas. E em prol de que? De acordo com notícia que encontramos no perfil do Facebook “Salvemos o Parque Gomm”, em prol de um grande shopping da região, que necessitava de mais uma via para a entrada de clientes (ah sim, com dinheiro pelo jeito se consegue tudo na “capital ecológica” – ela deixa de ser ecológica rapidamente).  

Vendo esta imagem podemos ter uma ideia da forma como estas árvores foram cortadas e o valor que elas têm para os nossos representantes. Impossível não sentir indignação!


Na página do “Salvemos o Parque Gomm” é possível ver uma descrição completa do que aconteceu e também diversas fotos. Confiram:  

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.735716193216114.1073741973.398533546934382&type=3

Pelo visto nossos governantes querem seguir o exemplo de São Paulo, não é mesmo? Transformar a cidade em uma selva de pedra, quente e sem ar fresco. E isso não demora a acontecer, do que jeito que a coisa anda!