Image Map

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Florestas de São Paulo estão queimando. Já passou da hora de acordar!


Olá pessoal,

Acreditamos que vocês estão acompanhando as notícias sobre a tragédia ambiental que está ocorrendo em São Paulo, certo? No dia de ontem (13), considerado o mais quente deste mês no Estado, os bombeiros foram chamados diversas vezes - mais precisamente um chamado a respeito de incêndios em matas a cada 8,5 minutos - de acordo com o site G1. As principais queimadas estão acontecendo na Serra da Cantareira e em outras matas da região norte de São Paulo.

Ainda de acordo com matéria do G1, “desde junho, foram registradas 393 ocorrências deste tipo... E, em todo o estado, nos últimos quatro meses, a área de vegetação destruída corresponde a 32 mil campos de futebol”. Dá para imaginar a dimensão da tragédia para um estado que já destruiu tantas florestas e que agora literalmente queima porque as chuvas não chegam em decorrência deste progresso desenfreado?

Fizemos um post a respeito da relação entre a devastação da Mata Atlântica, em São Paulo, e a consequente seca que está ocorrendo no local. Para quem não leu, segue o link: http://www.vandaloverde.com.br/2014/09/sera-que-ainda-da-tempo.html

Pelo que podemos ver, a situação só piora. Mas ao mesmo tempo só observamos ações isoladas no que diz respeito à preservação do meio ambiente, na tentativa de pelo menos frear a situação. Acreditamos que já passou da hora de os nossos governantes acordarem para o fato de que, se nada for feito, enfrentaremos momentos difíceis em um futuro muito próximo.

E os nossos representantes, do Paraná e Curitiba, poderiam tomar como exemplo o que está acontecendo em São Paulo e pararem de autorizar cortes de árvores desnecessariamente. Mais do que isso, seria muito interessante se criassem ações de incentivo ao meio ambiente!


Nós, cidadãos, também temos um papel importante. Devemos nos conscientizar de que não adianta só cobrar do Estado, se não fizermos a nossa parte em relação à preservação ambiental. Por um mundo mais verde, pelo bem das futuras gerações! 

Nenhum comentário :

Postar um comentário