Image Map

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Pesquisador britânico cria versões “desmatadas” de pinturas famosas

O desmatamento é um problema tão debatido que parece difícil falar sobre sem cair no senso comum. Entretanto, um pesquisador do Reino Unido o expõe de forma interessante: criando

versões de obras famosas retirando as árvores presentes nas telas originais.
“Eu amo florestas”. É assim que o professor Iain Woodhouse, da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, inicia sua descrição em um site da Escola de Geociência. Entre seus diversos projetos em torno das questões ambientais, ele desenvolve, junto com a artista Alice Ladenburg, obras que buscam representar visualmente a "perda".
“É relativamente fácil representar a importância de algo que está presente, mas como capturar ou expressar a importância de algo como o desmatamento? Não é fácil chamar a atenção do espectador sobre algo que não existe”, questiona o professor em seu blog Forest Planet.
Foi assim que ele recriou as obras "Oliveiras com o Céu Amarelo e o Sol", de Van Gogh, "A Carroça de Feno", de Constable, e "Uma Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte", de Seurat.
Especialista no mapeamento por satélite de florestas, Woodhouse afirma que os atuais desafios enfrentados em consequência do desmatamento não serão resolvidos, simplesmente, medindo florestas e fazendo mapas. Para ele, é preciso buscar soluções inovadoras, o que exige criatividade. A arte é uma dessas maneiras.
“Não acho que a ciência e a arte são tão distantes como muitas pessoas pensam. Os melhores artistas e as melhores cientistas têm em comum uma curiosidade insaciável, um desejo de ir além dos pensamentos estabelecidos e a capacidade de ver o mundo de forma diferente”, esclarece o professor. “Eu dou a última palavra para Albert Einstein: ‘A imaginação é mais importante que o conhecimento’”, completa.Veja abaixo obras originais e as versões de Iain Woodhouse:
"A Carroça de Feno" - Constable


"Uma Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte" - Seurat


"Oliveiras com o Céu Amarelo e o Sol" - Van Gogh




Via Árvores de Piracicaba 

Nenhum comentário :

Postar um comentário