Image Map

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Floresta Urbana imune de corte: sugira árvores e nos ajude a pedir pela Paineira!


Olá pessoal,

Hoje estamos aqui para falar sobre uma ação muito interessante da Prefeitura de Curitiba, especialmente da Secretaria do Meio Ambiente (porque quando eles tomam atitudes bacanas como esta, nós também contamos aqui!)

A partir de reportagem do jornal Gazeta do Povo (http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?id=802100&ch=) ficamos sabendo que a Secretaria do Meio Ambiente está ampliando a listagem das árvores imunes ao corte em Curitiba. Atualmente 21 árvores da nossa floresta urbana não podem ser cortadas, pela relevância de sua espécie, tamanho, capacidade de produzir sementes, entre outros.

Mas esta lista vai aumentar! Isto porque qualquer cidadão pode encaminhar para o e-mail smma@smma.curitiba.pr.gov.br sua sugestão de árvore imune ao corte. De acordo com entrevista feita pelo jornal com Alfredo Vicente de Castro Trindade, coordenador-técnico de Fauna e Flora da Secretaria do Meio Ambiente, “não há limite para inclusão e por isso a população ainda pode mandar suas sugestões”. Vamos participar? As sugestões podem ser enviadas até o mês de outubro, quando o trabalho será concluído.

Ajudem a Paineira Rosa




Além de enviar as sugestões de vocês, leitores, pedimos que, se possível, incluam em seus e-mails o seguinte texto que pede que a imunização da nossa Paineira Rosa de 70 anos, pela qual nós do blog Vândalo Verde tanto lutamos (http://vandaloverde.blogspot.com.br/2012/06/paineira-rosa-fica-ufpr-emite-laudo.html):

“Solicitação para inclusão de árvore imune ao corte
Prezados profissionais da Secretaria do Meio Ambiente,
Vimos, por meio de reportagem do jornal Gazeta do Povo, que os senhores estão recebendo sugestões de árvores para serem incluídas na lista das imunes ao corte. 

Gostaríamos de solicitar a inclusão de uma árvore Paineira Rosa, de aproximadamente 70 anos, que está na Rua João Havro, 1204 – Boa Vista.

Esta árvore já sofreu ameaça de corte pela Prefeitura Municipal de Curitiba, mas graças à atitude do cidadão Carlos Eduardo Andersen, que se acorrentou à Paineira, ela foi salva. 

Mas, para assegurar que a Prefeitura não cortasse a árvore posteriormente, Carlos entrou com um processo na Justiça, que contém inclusive um laudo técnico da Universidade Federal do Paraná, assinado pela professora dos cursos de graduação e pós-graduação em Engenharia Florestal da universidade, Dra. Daniela Biondi. O laudo é conclusivo e afirma que em todos os aspectos a Paineira é saudável e não apresenta riscos à população.

Seguem trechos do laudo:

“É uma árvore muito utilizada no paisagismo urbano devido a beleza das flores e seus aspectos excêntricos do tronco e sua proporcionalidade com a copa.”

“Segundo a população local, a árvore tem cerca de 70 anos de idade, sendo mais velha que a própria rua onde está situada. Nada mais justo que a mesma permaneça onde está porque ela pode simbolizar os últimos resquícios de uma época quando não existia urbanização naquele local. Os mais antigos da rua devem ter uma relação afetiva com aquela esta árvore como uma lembrança viva daquela paisagem”.

“A Paineira Rosa não deveria ser sacrificada (...) deveria ser ter um tratamento diferenciado – ser uma árvore tombada ou imune de corte, justificada pela sua beleza, porte e excentricidade”.

Para mais informações sobre a Paineira Rosa e acesso ao laudo completo, pode-se acessar vandaloverde.blogspot.com”

Caso vocês possam nos ajudar, é só copiar o texto e enviar para o e-mail que informamos! Para nós, a ajuda de vocês é muito importante, já que a união faz a força! E não deixem de sugerir também as árvores que vocês acreditam que devem ser imunes ao corte. Vamos aproveitar esta oportunidade e exercer nosso papel de cidadãos atuantes!

Até breve. 

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Você sabe se seu candidato está comprometido com o meio ambiente? A “Plataforma Ambiental dos Municípios” pode te ajudar


Olá pessoal,

Nosso post de hoje é em resposta ao nosso leitor Daniel F. C. Santos, do blog “O livro de João Antonio” (http://olivrodojoaoantonio.blogspot.com.br/), que nos perguntou a respeito de candidatos alinhados com a proteção das árvores, e também para fornecer mais um instrumento de auxílio a vocês, que estão escolhendo seus candidatos para a próxima eleição.

No mês de agosto, foi lançada pela Fundação SOS Mata Atlântica a “Plataforma Ambiental aos Municípios”, documento que tem como objetivo apresentar os principais pontos da agenda socioambiental do Brasil com os quais os nossos candidatos devem se comprometer.

O link de acesso ao documento é:



A plataforma é dividida em desenvolvimento sustentável, clima, educação, saúde e saneamento básico (pontos que consideramos dos mais importantes para termos um país melhor).

A Plataforma Ambiental serve como ponto de apoio a qualquer cidadão que queira contribuir com um voto mais consciente. Isto porque o documento pode ser entregue aos candidatos (da forma que for mais conveniente para cada um) como uma forma de cobrança de posicionamento e resposta em relação a cada um dos temas apresentados. Por sua vez, os políticos também podem utilizar o documento para a elaboração de suas propostas. Este é o objetivo!

Esperamos que compartilhem esta ideia com outras pessoas e que estudem o documento antes de escolherem seus candidatos. Assim, estaremos exercendo nosso papel de cidadãos, votando de forma mais consciente e colocando no poder candidatos que realmente mereçam estar lá!

Até logo.