Image Map

sexta-feira, 23 de março de 2012

Enquanto a burocracia impera, a Paineira Rosa padece!

Olá pessoal,
Hoje estamos aqui para relatar a vocês uma triste notícia: a Prefeitura Municipal de Curitiba se negou a realizar o tratamento na Paineira Rosa de 70 anos, que teve alguns de seus galhos lascados após a tentativa de corte pela própria Prefeitura. Entramos em contato via Central de Atendimento e Informações 156 para tentar fazer com que profissionais devidamente habilitados realizassem reparos na árvore e obtivemos uma resposta negativa. A alegação? 


"INFORMAMOS QUE A PREFEITURA INICIOU O CORTE DA REFERIDA ÁRVORE DE ACORDO COM A ARV-10001398 EMITIDA PELO GRUPO DE TRABALHO DE AVALIAÇÃO DE ÁREAS VERDES, PORTANTO NÃO SENDO UM CORTE INDEVIDO OU IRREGULAR. COMO HOUVE UM IMPEDIMENTO DE CORTE DA REFERIDA ÁRVORE POR UMA PESSOA A PREFEITURA INTERROMPEU MOMENTÂNEAMENTE O SERVIÇO ATÉ QUE HAJA UM NOVO PARECER FAVORÁVEL OU NÃO AO CORTE".



O que seria a ARV - 10001398? Se alguém souber, por favor nos responda! Acreditamos que este código só possa ser entendido por profissionais da área ambiental ou pelos burocratas da Prefeitura. Nós, cidadãos comuns, simplesmente temos que engolir uma resposta que nem mesmo conseguimos decifrar? E a Prefeitura se nega a atender um pedido tão simples de um cidadão que só quer que uma árvore não padeça? Enquanto a burocracia e a insensibilidade imperam e eles se definem quanto a cortar ou não a Paineira (e será que se definirão?), ela está lá, sujeita a parasitas e outras doenças. É isso que nós, cidadãos, devemos receber de quem nos representa?


Fica a pergunta! 


4 comentários :

  1. realmente um triste descaso das autoridades...

    ResponderExcluir
  2. É exatamente isso que nos deixa apreensivos, quem são essas pessoas que nos representam? Temos que ter isso em mente nas próximas eleições.

    ResponderExcluir
  3. Quero denunciar corte de uma centena de árvores na avenida das Torres na altura do Wall Marte. Com certeza estão "autorizadas" pelo Ibama ao invés de serem preservadas. Não acredito que a liderança da Prefeitura, Sr. Luciano, seja favorável a esse crime ecológico em tempos atuais em que a tolerância deve ser zero para crimes ambientais. As árvores das calçadas não são objetos decorativos, mas sim vidas que nos dão vida.

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Nos sentimos muito tristes com mais esta denúncia de cortes indevidos de árvores em nossa cidade. O que está acontecendo é um verdadeiro assassinato! Como você nos escreveu como anônimo, não sabemos se chegará a ver nossa resposta, mas caso veja, pedimos a gentileza de nos responder com as considerações que apresentamos a seguir. Nossa sugestão seria primeiramente realizar uma denúncia no site 156, da Prefeitura de Curitiba; Documentar da melhor maneira possível, com fotos e vídeos; Nos descreva os estragos com mais detalhes; Nos passe o endereço correto, nome da rua e número para que possamos comparar com imagens anteriores a agressão.

    Com essas informações em mãos podemos ser mais consistentes em uma possível ação futura, bem como o apoio imediato a sua denúncia!

    Um abraço

    ResponderExcluir